Quem somos

Vozes feministas para mudar o mundo!

Capire é uma ferramenta de comunicação criada em 2021 para ecoar as vozes das  mulheres em movimento, visibilizar as lutas e processos organizativos nos territórios,  fortalecer referências locais e internacionais do feminismo popular, anticapitalista e antirracista. 

Capire significa “compreender”. Pelos olhares e vozes das mulheres compreendemos o mundo. Com o feminismo o transformamos! O nome Capire resgata a música de lançamento da Marcha Mundial das Mulheres, no ano 2000, cantada em 24 idiomas por mulheres de diferentes partes do mundo. 

Produzimos e articulamos entrevistas, análises, relatos de experiências e expressões culturais de mulheres que, em todos os cantos do mundo, resistem e transformam.

Os textos e materiais multimídia de Capire se organizam em seis eixos temáticos: movimento, economia feminista, justiça ambiental, soberania alimentar, desmilitarização e autonomia. Esses eixos orientam a radicalidade de nossa luta política, o nosso conteúdo e identidade visual.

 

NOSSA VISÃO

A comunicação faz parte da política e a reflexão faz parte da ação. 

Capire é um portal de comunicação feminista e popular, que incentiva o ponto de vista militante e a linguagem acessível. 

A comunicação feminista e popular é um processo necessariamente coletivo, com uma estratégia de convergência, situado na disputa de sentidos e hegemonia. 

A comunicação é um comum em permanente construção. Capire apoia tecnologias livres e todos os seus conteúdos estão sob licença Creative Commons, podendo ser republicados gratuitamente, desde que a fonte seja citada.

Publicamos todo o conteúdo em inglês, espanhol, francês e português. Capire tem como prática e horizonte a justiça linguística.

Capire é uma iniciativa coordenada pela Marcha Mundial das Mulheres, em diálogo com as mulheres de movimentos aliados, como a Via Campesina e Amigos da Terra Internacional, e com as organizações que fazem parte do projeto Fortalecendo os Feminismos Populares.

A Marcha Mundial das Mulheres é um movimento feminista e anticapitalista, organizado em 58 países e territórios, coordenado por um comitê internacional e pelo secretariado internacional, atualmente sediado em Moçambique.

A equipe de Capire é formada por Bianca Pessoa, Dânica Machado, Helena Zelic e Tica Moreno, com apoio de Natália Blanco e Nalu Faria, e a contribuição permanente de mulheres em movimento ao redor do mundo. A equipe de tradução é formada por Aline Scátola, Andréia Manfrin Alves e Luiza Mançano.

Boletim

Para acompanhar as novidades de Capire e receber conteúdo por e-mail, assine nosso boletim.